JMS

Permeabilidade visual intrínseca na materialidade permite a privacidade ao mesmo tempo que induz a descoberta.

a concretização do volume é, ao mesmo tempo, a criação do vazio, que delimita a transição entre o espaço livre e seus desdobramentos.

Estimular e estabelecer múltiplas experiências de trabalho colaborativo, favorecendo o desenvolvimento da comunicação e de novas ideias. Essa é a premissa do projeto para a nova sede da Master Comunicação e So What. A concentração e agrupamento das salas fechadas no núcleo da agência é contraposto por zonas de trabalho livres e fluidas em seu perímetro, criando assim um grande espaço aberto que incentiva conexões e encontros espontâneos, além de propiciar luz natural e vistas da cidade às mesas de trabalho.

propor a individualidade e a intimidade com suas próprias idéias, percepções e consequências.

caos. multi-função. camadas que em momentos se sobrepõe e em outros se desfazem.

A maior parte do mobiliário, projetada exclusivamente para a agência, reforça o foco na comunicação dinâmica. Bancadas laterais são assentos para conversas rápidas, bancos podem ser movimentados para reuniões informais ou, associados com o armário, conformam uma arquibancada para apresentações. No espaço de convivência, uma extensa malha de estrutura metálica permeia todo o ambiente, podendo abrigar dezenas de pessoas em reuniões, celebrações e eventos.

luz. meio a camadas de interações presentes no espaço que se faz múltiplo pelo não vazio.

transição. a cumplicidade entre o espaço de trabalho e a troca de experiências entra as pessoas se complementa e permeia a porosidade da materialidade proposta.

fun. work. done. wave. run. time.

agências com seus distintos focos - ambas em constante processo de inovação -, diversas personalizações foram realizadas, desde o desenho da luminária e fixação das obras de arte, até o detalhamento das divisórias, estabelecendo assim uma forte linguagem visual para esta. A materialidade do conjunto de revestimentos e processos de fabricação dos mobiliários, divisórias e acabamentos foi criativamente levado como um importante processo de revisitar elementos de uso comum, porém combinados de maneira sofisticada e com detalhamento elevando sua representação de qualidade.

constrição X expansão  

materialidade representante, coerente, flexível e precisa.

Master + So What

Projeto: Juliano Monteiro Studio + Numa Arquitetos

Equipe de Projeto: Arq. Juliano Monteiro, Arq. Alexandre Kenji Okabaiasse, Arq. Vitor Takahashi, Arq. Thallita Souza, Christiana Vieira

Localização: Curitiba, PR - Brasil

Área: 700m²

Ano: 2018

Fabricantes: Tarkett, VRF Engenharia.

Fotografias: Eduardo Macarios

Início do projeto: 03.02.2018

Término da obra: 22.05.2018

Using Format